As “it girls” são meninas que se destacam por serem originais, possuem carisma, elegância e charme natural, um “que” a mais que atrai a atenção para elas. Sua característica mais determinante é serem incomuns, destacarem-se das pessoas comuns e provocam interesse, a ponto de outras pessoas passarem a copiar seu jeito de vestir, falar e/ou agir. Normalmente as “it girls” comportam-se de maneira irreverente e despertam a curiosidade das pessoas sobre o seu modo de vida.

Assim como as atuais “It Girls” podemos dizer que uma garota não se torna uma Pin-up, ela nasce. Pin-up não é moda, é estilo de vida, originalidade e essência.

O que são pin-ups?

O termo pin-up vem do inglês “penduradas” e se refere àquelas ilustrações de mulheres de salto, saia, shorts ou vestidos curtinhos, bumbum empinado e cara de menina cheia de sex appeal.

E sabem por que “penduradas”? Porque foram esses os desenhos de mulheres que os soldados levaram pra Segunda Guerra Mundial e que ficaram pendurados por ‘pins’ (tachinhas, em português) nos quadros dos alojamentos. No meio da guerra, era o mais próximo que eles poderiam estar das mulheres com quem sonhavam e desejavam.

Pin_up_by_RikuTavallinen

As Pin-ups Clássicas, podemos considerar as mulheres mais antigas que começaram a identificar e representar o estilo logo que o termo pin-up passou a ser propagado. Por serem  consideradas ícones, geralmente eram atrizes, cantoras ou modelos que ganharam notoriedade na época em que viviam e que servem de referência e inspiração para as pin-ups de hoje, como a Rita Hayworth, a Ava Gardner e a Sophie Loren, por exemplo.

Cos_028_Gil_Elvgren_The_Wrong_Nail

Pode-se dizer que as pin-ups clássicas têm um estilo mais romântico, meigo e delicado, usam maquiagens mais leves e cores mais suaves. Preferem roupas que deixam as mulheres mais sofisticadas e elegantes, como luvas, saias rodadas ou lápis e vestido tubinho.

cc0f97d4c65b1f851e80767e8fc6f96d

Trazendo para os dias atuais, as Pin-Ups modernas não são um ícone como as referências de antigamente, mas um estilo de vida que foi adotado por garotas que buscaram outras referências para serem mais femininas tendo seu próprio jeito de ser. Podemos dizer que as pin-ups modernas se inspiram nas pin-ups clássicas.

dd70c500e1e86da42f027ff14e94343d

Essas admiram o romantismo das pin-ups clássicas, mas são garotas inteligentes, independentes, batalhadoras e que sabem o que querem. Não são apenas um rosto com maquiagem, às vezes isso é o que menos importa, mas são mulheres de atitude. Nas roupas, é possível encontrar bandanas, flores, calças de cintura alta, cintos largos, estampas de oncinha e também topetes e tatuagens, muitas vezes no estilo old school.

gil_elvgren_easy_to_handle_1948a

Qual o Estilo das Pin-ups?

O estilo pin-up é vintage, pois aconteceu em meados de 50 e 60, a mulher tem um ar mais sedutor, feminino e ingênuo ao mesmo tempo. Elas são um grande elemento na cultura pop, apesar de toda sensualidade.

Geralmente possuem coxas grossas, seios fartos e cinturinha de pilão. Longe das pressões de magreza sugeridas pelo mundo da moda, elas exibem formas generosas.

look_pinup_lenco

Usam saltos altíssimos, cabelos com cachos glamourosos, vestidos rodados com tecidos de poá ou xadrez, a cintura bem marcada, já nos pés apostavam nos scarpins e peep toes e possuem uma pele que mais parece porcelana.

katy-perry (2)

Make pin-up – A maquiagem possui características bem pontuais, olhos delineado em formato gatinho, sempre bem marcados, rímel, e a boca com os lábios na maioria das vezes vermelho, mas um rosa também fica lindo!

acessorio-pra-cabeca-pin-up1

Cabelo – Os Cabelos sempre elegantes, a maioria das mulheres deixavam ele curto, mas, para as amantes do cabelão, elas prendiam ou faziam cachos, as franjas eram cortadas bem pequenas, no meio da testa, e as vezes davam volume e prendiam ao topo da cabeça.

Esses são itens essenciais para compor o estilo de uma pin-up.

6

Atitude Pin-Up

O conceito das garotas pin-up era bastante claro: eram sensuais e ao mesmo tempo inocentes. A verdadeira pin-up jamais poderia ser vulgar ou oferecida, apenas convidativa. Asseguradas pelos traços sofisticados vindos da art-nouveau, elas vestiam peças de roupa que deixavam sutilmente à mostra suntuosas pernas e definidas cinturas. Era o bastante para alimentar a fantasia dos marmanjos.

Estilo Pin-up_Look Aguadailha_01

Das ilustrações de papel, as pin-ups logo ganharam vida ao serem encarnadas por atrizes como Betty Grable e Marilyn Monroe, ou fotografadas por modelos voluptuosas como Bettie Page, também chamada de “rainha das curvas”. Vestidas de coristas, marinheiras, enfermeiras e outros uniformes-fetiches, que por vezes incluíam muito couro e tiras, as pin-ups de carne e osso fizeram tremendo sucesso em revistas como a americana “Esquire” e filmes como o “Pin Up Girl”, de H. Bruce Humberstone, estrelado por Grable. Elas também garantiram a apreciação de uma beleza e de um corpo feminino possível a outras mulheres, além do reconhecimento mundial do estilo pin-up de encarar a sexualidade com naturalidade e bom humor.

Bettie Page

 

As novas Pin-Ups

 Cabelo vintage, pele alva, batom vermelho e uma postura provocante, porém com algo de ingênuo, estão no manual da pin-up moderna. Gwen Stephany e Katy Perry adotaram o rótulo temporariamente, e outras acrescentam tatuagens à fórmula, como Pitty e a Kat Von D. Referência no mundo da moda, no cinema, nos traços, nos trejeitos e em tudo que diz respeito à sensualidade, as Pin-Ups estão em evidência. A diferença é que agora estão na internet.
 
Sem Título-1
 
 
Garotas normais, elas assumem o próprio corpo e mostram-se sensuais sem apelar para conceitos pré-estabelecidos de beleza – não à toa, algumas exibem tatuagens pelo corpo, piercings, maquiagem bem carregada e, por que não?, uns quilinhos a mais. 
 

katieP

Moda pin-up

Fã das Bettys Page e Grable, além das eternas divas de Hollywood Ava Gardner e Rita Hayworth, a publicitária carioca Ana Bandarra, 27, criou no ano passado a marca de roupas femininas Voodoo Doll. Com peças para o dia e para a noite, Bandarra desenha saias, vestidos, biquínis e corpetes que, como ela mesma conta, são mais do que peças inspiradas no vestuário pin-up: “É uma reprodução, de fato.

76082_171552332862455_100000230677859_524730_456658_n

A pin-up é sexy sem ser vulgar, não tem a neurose da estética da magreza e não precisa mostrar tudo para mexer com a imaginação dos homens. Tenho a impressão de que essas mulheres se divertiam muito mais”.

Phlearn-PRO-Pinup-Cola-Final

As clientes são mulheres jovens, de 20 a 30 anos, que buscam personificar as clássicas Pin-Ups. Fãs de rock dos anos 50, consomem produtos retrô – filmes, discos, móveis -, e não saem de casa sem deixar a sobrancelha bastante arqueada, as unhas com esmalte bem vermelho e a franja curta e estranhamente cortada. Elas se identificam mais com a Bettie Page do que com a Kate Moss, então querem vivenciar um pouco daquele estilo de vida.

298631_263546533663034_100000230677859_1070521_3288766_n

Pelo visto, em tempos de silicone, botox, lipoaspiração e Photoshop, encarnar a “rainha das curvas” é mesmo uma boa idéia de diversão.

Abaixo um vídeo fantástico de Christina Aguilera – Candyman:

fonte: http://www.guiadasemana.com.br; Pin-up –
Wikipédia, a enciclopédia livre, Revista Super Interessante. Etc…

Até a próxima,

Marcella Gago
Portal AutoClassic
Rio de Janeiro – Brasil